terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Passear o cão


Passear o cão é uma das responsabilidades dos donos destes animais, mas não deve ser encarado como uma "obrigação". Encare o passeio como o seu exercício ou ponha o cão a fazer todo o esforço. O importante é que cão e dono estabeleçam laços.

Já todos os donos desejaram numa ou noutra altura que o cão fosse capaz de passear sozinho, ou porque está mau tempo, ou porque sentiram que caíram numa rotina ou porque queriam dedicar esse tempo a outras actividades.


São sobretudo os passeios com mau tempo que mais desmoralizam os donos, mas é praticamente impossível conseguir evitar a chuva, o vento ou frio quando os passeios são diários.



Sem alternativa, os donos têm por isso de se mentalizarem de que não
há forma de evitar o passeio do cão quando está mau tempo. Assim, mais
vale encarar os passeios como algo de positivo. A chuva, o vento e o frio não quebram ossos: equipe-se a rigor com calçado confortável e roupa quente e impermeável. Se se proteger devidamente, quando chegar a casa, basta tirar essa roupa e estará quente e seco e não será por
causa dos passeios que ficará doente.

Para passear o cão tem de abdicar de algum tempo que podia ser utilizado noutras tarefas. De manhã é importante levar o cão à rua, mas opte por guardar o passeio mais longo para o fim do dia, seja quando chega a casa do trabalho ou mesmo já depois do jantar. Depois de um dia de trabalho, e tendo em conta que a maioria dos empregos citadinos são feitos em secretárias e em frente ao computador, o passeio do cão é uma oportunidade de se exercitar e de se libertar dos
problemas da jornada de trabalho.

Passe a encarar o passeio não como o exercício do cão, mas sim como o exercício do dono. Quanto ao tempo para as suas outras tarefas, tente organizar o dia de forma mais eficiente, há sempre forma de ganhar minutos aproveitando tempos mortos ou combinando tarefas.


Se se sente preso na rotina de passear o cão, existem outros exercícios que podem substituir as caminhadas, embora sejam menos praticados. A natação é um dos desportos mais completos tanto para humanos como canídeos e ainda mais benéfico para cães e pessoas com problemas nas articulações ou no coração. Contudo não é tão prático e menos aliciente nos dias de frio. No Verão é o ideal para quebrar a rotina dos passeios.

Como substituto ao passeio há ainda muitos desportos, desde canicross (corrida), bikejoring (bicicleta), agility (cão percorre circuito de obstáculos), entre outros. Todos estes desportos exigem treino, o que melhora a comunicação entre o dono e o cão.


Todos os cães, incluindo os de raça pequena, devem ser passeados, independentemente de terem acesso ao jardim. Caminhar faz parte da natureza destes animais e contribui para um corpo saudável e uma mente equilibrada.

http://arcadenoe.sapo.pt/

Sem comentários: