sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Fumo procura um novo lar (ADOPTADO)


Este é o Fumo.
Tem cerca 2 anos e esta neste momento no CIAMTSM.
Apesar do seu tamanho é muito meigo, "principalmente com crianças" revela o seu anterior dono.
Está triste porque ficou sem lar.
Adopte-o

Cadelas Jovens (adoptadas)


Estas três meninas, muito meiguinhas, estão no CIAMTSM à espera de um novo dono.
Têm cerca de 1 e 2 anos

Basset Hound (ADOPTADO)

Este magnifico basset hound foi encontrado na rua, perdido, e entregue no CIAMTSM no inicio de Janeiro.
Tem cerca de 3/4 anos, meigo, e já foi adoptado por uma dona de Salvaterra de Magos. Um muito obrigado a ela.

Puki (ADOPTADO!)

Olá, o meu nome é Puki e estou no Canil Intermunicipal.
Fui entregue pela minha antiga dona por ter crescido um pouquinho mais do que ela esperava, mas não sou nenhum gigante. Sou um cachorro macho, de porte médio(aproximadamente 15 kilos) e tenho 6 mesinhos.
Preciso de um dono que goste e cuide de mim da mesma forma que eu cuidarei dele, com muito amor e carinho.

Ninhada para adopção no CIAMTSM (Adoptados)




Encontra-se para adopção no canil uma ninhada de seis cachorros muito brincalhões de porte médio (3 machos e 3 fêmeas) nascidos no mês de Novembro.
Ja sabe que, se decidir dar um lar a um destes cachorrinhos, oferecemos a vacina anti-rábica, a desparasitação e o microchip.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Plano Nacional de Controlo de Cães

O Governo vai avançar com o Plano Nacional de Controlo de Cães, publicando-o em Diário da República «durante o primeiro semestre de 2009», disse ao Diário de Notícias fonte do Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas.
O objectivo deste plano é o de fiscalizar as condições de detenção, criação, venda e circulação dos cães de raça potencialmente perigosa.
Nesta iniciativa legislativa ficará enquadrada igualmente a actuação das entidades no terreno. A ASAE (Autoridade de Segurança Alimentar e Económica),
GNR, PSP e as polícias municipais vão trabalhar de forma complementar. Na sua mira estarão animais como os pit bull, rottweiler, cão de fila brasileiro, dogue argentino, staffordshire terrier americano, staffordshire bull terrier e tosa inu.
De referir que a reprodução e a criação de animais pertencentes a estas raças foram restringidas por um despacho ministerial.

Fonte: Veterinária Actual










Semana da Leishmaniose


O que é a “Semana da Leishmaniose”?

A Semana da Leishmaniose surge como resposta ao grande objectivo do ONLeish: a criação de uma rede de vigilância epidemiológica da Leishmaniose em Portugal.

De 19 a 24 de Janeiro de 2009, poderá fazer o RASTREIO GRATUITO DA LEISHMANIOSE CANINA ao seu cão. Vamos rastrear cerca de 3000 cães em todo o terrritório continental. Para tal, contamos com a colaboração de mais de 130 Centros de Atendimento Médico-Veterinário; cada um irá recolher algumas dezenas de amostras.

Pretende-se que a “A Semana da Leishmaniose” tenha projecção Nacional para:

  • Alertar e sensibilizar os proprietários dos cães para a doença
  • Mobilizar os proprietários dos cães para os CAMV envolvidos no evento de forma a mais facilmente se obter o número de amostras desejadas.


Esta iniciativa é pioneira em Portugal e na Europa e permitirá pela primeira vez fazer um levantamento epidemiológico global da Leishmaniose Canina.

Qual a importância de um rastreio ao nível nacional? E ao nível da sua região?

Este tipo de rastreio é muito importante pois permitirá simultaneamente a avaliação da seroprevalência em Portugal continental, o conhecimento da situação actual da infecção (o que estabelecerá uma base de comparação para futuros estudos), permitindo a sensibilização das populações para esta doença e mais especificamente para a necessidade de prevenir e de diagnosticar precocemente a Leishmaniose.

Localmente, esta iniciativa adquire relevância ainda mais significativa, pois permite criar e/ou adequar medidas de prevenção e educação à realidade de cada população.

Quais são os Centros de Atendimento Médico Veterinário onde pode fazer o rastreio ao seu cão?

Como referido acima, estão envolvidos neste rastreio mais de 130 Centros de Atendimento Médico-Veterinário situados em mais de 60 cidades e vilas.

Para ter acesso à lista completa de CAMV envolvidos basta clicar aqui.

Como é feito o rastreio ao meu cão?

O(a) Médico(a)-Veterinário(a) do Centro de Atendimento Médico-Veterinário irá colher um pouco de sangue ao seu animal e colocá-lo num pedaço de papel de filtro.

Como poderei saber o resultado do exame?

O resultado do exame ser-lhe-á comunicado pelo(a) Médico(a)-Veterinário(a) do Centro de Atendimento Médico-Veterinário onde realizou o rastreio. Pelo facto de se tratar de um número elevado de análises, o prazo máximo de comunicação dos resultados poderá atingir os 3 meses.



Fonte: http://www.onleish.org